Carol Ladeira

"Filha de mineira e cearense.

Nasci de frente pra Bahia da Guanabara,

na cidade do Rio de Janeiro.

Minha mãe conta – e eu adoro essa história! - que era um dia de sol e chuva.

 

A primeira vez que subi num palco foi pra fazer teatro. Fiz um tempinho, até descobrir o prazer de cantar, e descobrir que esse era meu modo-ofício de aprender e dividir Amor.

Desde então, engravidando de poesia, vivo tentando virar passarinho.'

 

Carol lançou dois cds solo. A estréia foi com Quitanda (2010), com direção musical de Kiko Dinucci e Marcelo Pretto. O segundo, Mar de Vento (2017), é uma escuta sensível sobre nosso Tempo presente.

 

Com os grupos dos quais faz parte, lançou mais quatro trabalhos. Com o Quinteto Coloquial, veio Mergulho (2013), pesquisando ritmos populares brasileiros e linguagens ligadas ao jazz. Com o Quinteto, foi premiada pelo Ministério da Cultura com Residência Artística em Pernambuco. Esta experiência resultou na elaboração de show e documentário com o Grupo Bongar, da Casa de Candomblé Xambá, de Olinda (2011). Fez apresentações em Mendozza e Buenos Aires, Argentina.

 

Com CantaVento, criou os cds  Esticador de Horizontes (2013) e Brincantorias (2018 - saindo do forno logo logo :-)) E o belo Angudadá (2014) com o Angu.

 

É mestre em Artes da Cena pela Unicamp. Foi solista do espetáculo “O Grande Circo Místico” de Chico Buarque e Edu Lobo, com direção de Nelson Ayres (2011). Já foi convidada a se apresentar no programa Sr. Brasil, de Rolando Bondrin, na TV Cultura e fez abertura do show de Elza Soares na Feira Internacional do Livro, em Ribeirão Preto  

 

 

O que já falaram...

 

“Exímia intérprete e super sensível em relação ao desenrolar da música brasileira, a Carol vem fazendo sua arte há bastante tempo e sempre com uma coerência e um talento que encantam. Além dos grupos Quinteto Coloquial e CantaVento, desde 2009, com Quitanda, ela apresenta trabalho individual e se coloca com uma das principais vozes pra se ficar de ouvido na cena de São Paulo e do Brasil. Um alumbramento, em suma!”  Guto Leite, compositor e professor de Literatura Brasileira da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul):

 

“O recém-lançado CD da carioca radicada em Campinas (SP), Carol Ladeira, é um mergulho no seu universo musical de ritmos e linguagens variadas. Esse é o seu segundo álbum solo, mas a cantora já participou em grupo de três outros registros fonográficos de tradições populares e cantigas. No caso desse novo trabalho Mar de Vento, Carol dá ênfase nos ritmos afros, na poesia e na canção popular. A sutileza da voz continua a mesma”. Augusto Diniz, do Portal GGN

  • SoundCloud - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Facebook - White Circle